Posse responsável também é prioridade quando se trata da saúde de cães e gatos, assegurou a médica veterinária Ana Silvia Dagnone, durante palestra do MedVep 2019: moléstias infecciosas: diagnósticos para a rotina do clínico.

Para ela, o animal bem alimentado, com as vacinas em dia, que pratica exercício, tem lazer, conforto, além de visitas periódicas ao veterinário, tem a menor probabilidade de ter doenças infecciosas.

Em sua palestra, Ana Silvia também traçou um panorama geral de como chegar a um diagnóstico de doença infecciosa de uma forma prática e que conduza ao tratamento correto e, em consequência, a melhoria da saúde do animal. “São condutas que salvam vidas”, afirmou. Exames laboratoriais são fundamentais para detecção da doença e condução do tratamento, frisou.

Organização: MarkMesse

Conteúdo: Básica Comunicações

Fotos: Eneas de Souza e Mauro Lainetti

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *